Como estar à frente no mercado após a pandemia do coronavirus no Brasil?

6 minutos para ler

O coronavírus mudou a relação comercial no mundo todo, especialmente no Brasil, que revelou o papel indispensável dos caminhoneiros para manter o país funcionando, apesar da quarentena necessária e de todas as dificuldades financeiras e sociais.

As estradas relativamente livres têm garantido o abastecimento de mercadorias essenciais para a população: não existe falta de bens de consumo e de remédios. Vale reforçar que os milhares de motoristas têm se mantido no trabalho, encarando a adversidade com empenho, percorrendo todas as estradas do país, como sempre fizeram. Isso significa que apesar da crise econômica, o setor de transporte de carga foi bastante beneficiado.

Com base no cenário atual, reunimos dicas para você, caminhoneiro autônomo, se destacar no mercado durante e após a pandemia. Confira!

Revisite o planejamento do seu negócio

Aproveite o momento para analisar o estado do caminhão, faça revisões e troque peças comprometidas para evitar a quebra de sistemas mecânicos e elétricos. Assim, você não corre o risco de deixar seu veículo parado por falta de cuidado. É hora de fazer aquilo que você tem controle e pode consertar com atenção, mantendo-se preparado para atender as demandas pós-pandemia.

Aqui, é importante reforçar que esse é o momento de reduzir custos, deixando tudo que não é essencial para a sobrevivência do seu negócio, além de buscar soluções inteligentes para gerar receita suficiente para fazer investimentos, pagar as contas em dia e não se endividar demais. Levante seus custos mensais para identificar onde é possível parar de gastar dinheiro.

Crie uma boa rede de contatos

Lembre de todos os profissionais que ajudam você. Eles são importantes aliados na hora de garantir as indicações de serviços de transporte e de manter seu fluxo de trabalho sempre em alta. Contar com o suporte de colegas de profissão para ficar ciente das novidades do segmento ou de um contador para ajudar com assuntos financeiros será útil em qualquer momento.

Atua de maneira cooperada com vários motoristas. Programe viagens por tipo de carga e localização para não perder oportunidades. Use aplicativos de mensagem para melhorar a comunicação com seus parceiros de profissão.

Aumente e mantenha sua lista de clientes

Essa é a etapa mais crítica de todo cenário, pois representa a fonte do faturamento. Com o fechamento (paralisação) de muitos negócios, pode parecer difícil conseguir bons resultados. Agora é o momento de ser mais criativo e engajado com aqueles que pagam pelo seu serviço — os clientes.

O aplicativo WhatsApp Business pode estreitar esse vínculo comercial. É uma ferramenta com enorme potencial de negociação, pois favorece a interação instantânea entre as partes, trazendo funcionalidades que simplificam a rotina. Para ganhar notoriedade, dissemine e estimule a comodidade para seu público. É o momento ideal para criar anúncios e dar visibilidades aos seus serviços.

Atualize-se sempre

Ainda que a estrada consuma grande parte do seu tempo, separe algumas horas do seu dia para ler sobre o mercado de transportes, participar de eventos e visitar feiras da área. Hoje, muito mais que viajar país afora, o motorista autônomo deve ter grande conhecimento de mercado.

Como profissional autônomo, você vai encontrar grande concorrência após a quarentena. Logo, é importante encontrar uma maneira de se destacar.

Já pensou em fazer cursos de atualização profissional? Direção defensiva, finanças, mecânica e manutenção, marketing pessoal, segurança e transporte de mercadorias específicas. As opções dão diversas. Basta analisar suas demandas e correr atrás.

Ao melhorar sua imagem como profissional e tratar seu caminhão como um parceiro de trabalho, a chance de se tornar referência no segmento é muito grande. Pense nisso!

Fique atento às mudanças na legislação

Devido ao cenário atual, a constituição e as medidas governamentais estão em constante mudança. Portanto, acompanhe os pleitos apresentados e as soluções tomadas pelos representantes do governo para confrontar os efeitos da crise pandêmica. Acesso o site da Confederação Nacional do Transporte (CNT) diariamente.

Procure novos nichos de mercado

O coronavírus trouxe novas demandas de serviços, especialmente para produtos de consumo imediato, chamados de itens essenciais. Saiba aproveitar essa oportunidade para sair da mesmice e encarar outros tipos de transporte.

O segredo é pensar que existem outras possibilidades de frete. Um mesmo caminhão pode prestar serviços diferentes, o que é fundamental para estar à frente no mercado, complementar a renda e superar a crise.

Vamos imaginar que você esteja acostumado a transportar cargas soltas em seu veículo-baú. Quando essa modalidade não está disponível, é possível utilizar o caminhão para levar outras mercadorias que necessitam de proteção ou fazer mudanças, por exemplo.

O mesmo vale para graneleiros, que transportam cargas que não precisam de embalagem. Nesse caso, é possível usá-lo para conduzir ferramentas e máquinas que podem ser expostas ao ambiente externo.

O objetivo é ser flexível e mostrar disposição para encarar o diferente. Seja ousado, saia da zona de conforto, converse com gestores logísticos, busque orientações para oferecer maiores opções de serviço ao mercado de transportes.

Conheça os melhores tipos de frete

O melhor frete é aquele que é vantajoso e está alinhado à realidade do motorista. A experiência no ramo define esse caminho. A dica é sempre avaliar quais serão os custos antes de fechar um frete. Também é importante ter uma boa noção sobre o tipo de produto transportado, já que emergências podem surgir.

Invista em tecnologia

Mais do que nunca, você e seu caminhão devem contar com uma nova companhia de viagens: a tecnologia. Com a era digital, muitas funcionalidades foram integradas à rotina de praticamente todos os profissionais, inclusive para os caminhoneiros autônomos.

Hoje, é possível usufruir de aplicativos de celular para fechar negócio — como plataformas de frete, nas quais as empresas anunciam os serviços de carga e o motorista pegam os trabalhos de forma instantânea. Os melhores apps permitem avaliar se o valor oferecido pelas contratantes é justo e se paga os custos com o transporte.

Outras ferramentas tecnológicas que melhoram o dia a dia do caminhoneiro autônomo são os de controle de combustível, previsão do tempo, mapas e rotas, entre outros.

Com as dicas mencionadas acima seu serviço de transporte tem grandes chances de ganhar destaque no mercado após a quarentena causada pelo coronavírus no Brasil. Por fim, reforçamos que não é errado aproveitar oportunidades de negócios em meio à crise. Porém, pesquise e estude para que essas práticas não sejam abusivas ou ilegais. Mais uma vez, consulte colegas e outros profissionais do ramo para buscar orientações.

Se você curtiu este conteúdo e quer ficar por dentro de novidades sobre vida de caminhoneiro, manutenção de veículos e fretes, assine nossa newsletter agora mesmo!

Você também pode gostar

Deixe um comentário