Dia do caminhoneiro em dose tripla: entenda por que é comemorado em três datas diferentes

3 minutos para ler

A profissão de motorista de caminhão é celebrada três vezes ao ano, nos meses de junho, julho e setembro

Dia 16 de setembro é celebrado o Dia Nacional do Caminhoneiro. Mas, além dessa data, existem outras duas: o dia de São Cristóvão, padroeiro dos caminhoneiros, e o Dia do Caminhoneiro no Estado de São Paulo. Nada mais justo do que comemorar em dose tripla. Afinal, a profissão é uma das mais importantes para os setores alimentício e farmacêutico no país. 

Trabalhando em diferentes tipos de transportadoras, além de contribuírem para o carregamento dos supermercados e das farmácias, por exemplo, alguns ainda transportam cargas de alto risco como produtos tóxicos e minérios. Segundo pesquisa da Confederação Nacional do Transporte – CNT -, cerca de 70% dos produtos que circulam pelo país são transportados em caminhões.

A sua importância política e social já sabemos. Mas afinal, qual é motivo de comemorar o dia do motorista de caminhão em três datas?

30 de junho – Dia do Caminhoneiro no Estado de São Paulo

A primeira data comemorativa do ano para os motoristas de caminhão acontece no 30 de junho. O Dia do Caminhoneiro do Estado de São Paulo foi instituído por meio da Lei Estadual nº 5.487, em 30 de junho de 1986, pelo então governador de Estado, Franco Montoro.

De acordo também com a CNT, o número de caminhões que circulam pelo Estado de São Paulo corresponde a um quarto de toda a frota do Brasil. Um dos motivos pode ser a caracterização da região como pólo industrial, altamente responsável pelo crescimento do Produto Interno Bruto – PIB – nacional.

25 de julho – Dia de São Cristóvão

A segunda data do ano é, na verdade, a mais comemorada pelos profissionais da área: talvez pelo apelo religioso ou por ser a mais antiga. Esse dia remonta a história de São Cristóvão, santo protetor dos caminhoneiros, no século III d.C. Reconhecido em diversas religiões, São Cristóvão foi canonizado muito tempo depois, no século XV. Seu nome de batismo era Reprobus e durante a vida ficou conhecido por ajudar as pessoas a atravessarem um rio perigoso da região em que morava.

Imagem retirada do site Diário Escola

O mais curioso da narrativa é que, certo dia, ele carregou nas costas um menino, de uma margem do rio até a outra. Historiadores e teólogos contam que Reprobus sentiu um peso diferente enquanto carregava o garoto, como se essa criança tivesse uma responsabilidade grande a enfrentar. Quando terminou a travessia, a criança revelou seu nome: era Jesus Cristo. Daí surgiu o nome do padroeiro dos motoristas – São Cristóvão – cujo significado é “aquele que carrega Cristo”.

16 de setembro – Dia Nacional do Caminhoneiro (H2)

O Dia Nacional do Caminhoneiro este ano é comemorado na quarta-feira, dia 16 de setembro. Mas não confunda com o dia do motorista, 25 de julho. São propostas diferentes. Apesar do caminheiro ser um motorista, nem todos os motoristas transportadores são caminhoneiros.

Como já foi explicado, dia 25 de julho é festejado o dia de São Cristovão. Além de proteger os caminhoneiros, ele também é considerado o padroeiro dos motoristas, dos taxistas e de todos os transportadores em geral. 

Você também pode gostar

Deixe um comentário