Transportadoras: Descubra como iniciar a gestão digital

gestão digital
3 minutos para ler

Usar softwares e meios digitais aumenta a eficiência e otimiza os processos da sua empresa. Ter uma gestão digital é fundamental para reduzir gastos, automatizar etapas e melhorar a logística da sua transportadora. Isso porque, uma administração eletrônica organiza processos, deixando as informações e operações registradas e ainda facilita o acesso para consultas.

Como iniciar a gestão digital da sua transportadora?

A automação permitida pelos meios digitais, não só traz praticidade para a gestão da sua transportadora, mas também segurança. Os sistemas e softwares eletrônicos diminuem, significativamente, as chances de falhas, ao mesmo tempo que economizam tempo e recursos.

Softwares de gestão digital também possibilitam ao gestor da frota o planejamento estratégico da transportadora, pontuando os riscos e potenciais da empresa. Portanto, as chances de imprevistos são mínimas.

Vantagens da gestão digital

A tecnologia no gerenciamento de empresas serve, principalmente, para simplificar procedimentos fiscais, administrativos, logísticos e financeiros. Visto que a gestão digital automatiza atividades relacionadas aos pedidos, frotas, clientes e motoristas de caminhão.

Escolher um software para auxiliar na administração da empresa torna mais fácil identificar a origem dos problemas e resolvê-los, pois a gestão digital mapeia todas as operações da transportadora, como cargas e rotas. Assim, você consegue reduzir as chances das mercadorias estragarem, embalagens se danificaram ou de acontecer acidentes.

Também é possível monitorar a frota de caminhões eletronicamente por meio dos dados de cada veículo, como abastecimento e situação dos pneus, otimizando o tempo das viagens e reduzindo a possibilidade de paradas inesperadas.

Documentos

Nenhuma transportadora quer arcar com multas ou sanções. Logo, usar um software para a gestão de transportadoras diminui as chances de falhas na emissão de documentos fiscais eletrônicos, além de atualizar dados de maneira automática.

TMS (Módulo de sistema de gerenciamento de transporte)

O TMS é um eficiente controlador de gastos que registra cada operação realizada. O mais interessante deste processo é que, quando alguma função for registrada, um cadastro semelhante será recuperado, pois ele funciona de modo integrado. 

WMS (Módulo de sistema de gerenciamento de armazém)

Esse módulo é responsável por controlar as entradas e saídas, o período em que determinada carga fica no estoque, fazer o carregamento, planejar a logística e gerar cobranças. O WMS reduz as chances de perda de produtos e embalagens e mantém a organização de múltiplos processos da sua transportadora.

Módulo Financeiro

O gerenciamento financeiro, se realizado a partir desse módulo, permite que os dados da transportadora fiquem centralizados. Com isso, ficará mais fácil realizar cobranças, emitir boletos, pontuar despesas e pagamentos.

EDI (Electronic Data Interchange)

O benefício do EDI é a melhoria na comunicação. As informações ficam em um mesmo local para o acesso da equipe, trazendo praticidade e rapidez para os funcionários. Além disso, a troca eletrônica economiza papel.

Cálculo do frete

Se os gastos com frota foram calculados de forma errada, provavelmente a sua transportadora terá prejuízos. Para que isso não ocorra, é preciso realizar um cálculo eletrônico por meio de um sistema de gestão de fretes digital. Principalmente porque estes softwares otimizam estratégias de distribuição a partir da simulação de possíveis cenários.  

Você também pode gostar

Deixe um comentário